-

{ Textos } Quero uma mala vazia...

Quero uma mala vazia
Estou cansada de carregar coisas que não valem a pena serem carregadas...
Quero sentir o peito leve e tirar esse peso enorme das minhas costas...
Porque é tão difícil sermos nós mesmos?
Porque temos que satisfazer e agradar as pessoas a nossa volta e deixar de lado o que queremos?
Estou cansada dessa mala pesada de obrigações e arrependimentos.
Estou cansada de dar explicações e seguir padrões!
Quero uma mala vazia
Vazia de inseguranças...
Vazia de tristezas...
Vazia de desamores...
Quero errar e não ter medo de errar de novo.
Não quero ser julgada por não me arrepender de arriscar.
Quero uma mala vazia de medos infundados.
Isso é errado? É errado querer ser você mesmo, sem precisar dar explicações?
Desejo a liberdade que só uma mala vazia vai me trazer...
Nada que me prenda ao passado ou a esteriótipos, quaisquer que sejam. Não quero levar comigo os julgamentos pelas minhas escolhas. Eu escolhi, eu arquei com as consequências, porque devo carregar a opinião dos outros?
Eu quero a paz que uma mala vazia pode me dar...
Não quero ouvir críticas e lições guardadas, aquelas lá no fundo da mala, das quais só percebemos a presença quando não podemos mais parar suas vozes.
Não quero carregar nada que possa atrasar minha busca por quem eu sou de verdade. 
Quero uma mala vazia
Vazia de tudo aquilo que não me faz bem...
Vazia de tudo aquilo que não é meu...
Vazia de tudo aquilo que não sou eu...
Minha mala anda muito pesada. Cheia de quinquilharias. De coisas inúteis que fui acumulando ao longo da viagem. Coisas que eu, definitivamente, não preciso.
Minha doce e pobre mala ficou um pouco deformada pelo esforço em fechá-la devido a todo excesso que teimei em colocar nela.
E por incrível que pareça, eu não quero uma mala nova.
Quero minha mala vazia.
Essa que me acompanha todo esse tempo.
Ela pode estar surrada e maltratada, mas é minha.
A minha história.
Quero apenas tirar tudo aquilo que nunca me fez bem.
Seguir  em frente com a certeza de que carrego somente o que escolhi carregar.
E eu escolho carregar minha mala vazia...

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Olá Natana!
    Nossa que texto lindo.
    Super me identifiquei, também quero a minha mala vazia... =/ Já que não dá para mudar o passado pelo menos gostaria de deixar alguns sentimentos para trás né.
    Você escreve muito bem.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oláá
    Lindo texto, me identifiquei bastante pois também quero minha mala vazia, com certeza. Adorei a inspiração.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gente... Que texto perfeito! Me reconheci demais nele e até salvei algumas frases aqui. Realmente, muitas vezes durante a vida, escolhemos carregar pesos desnecessários, apenas pelo medo de nos desprendermos deles. Sinceramente, incrível este texto!

    Beijos,
    Fernanda Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  4. Oiii,
    Que texto lindo!! Adorei.
    parabéns!!!

    beijos

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...