-

{ Resenha } Toda a verdade - David Baldacci

Lido em: Março 2015
Título: Toda a verdade
Autor: David Baldacci
Gênero: Romance policial, Investigativo
Páginas: 295
Ano: 2011
Editora: Arqueiro
Comprar: Submarino
Nota: 

Shaw trabalha para uma agência secreta de inteligência e sua vida se resume a viajar pelo mundo à  caça de bandidos perigosos. Abandonado ainda bebê, sem laços afetivos e nem mesmo um nome próprio, ele nunca se importou com o fato de não saber se chegaria vivo ao fim do dia. Até agora. Envolvido com a alemã Anna Fischer, especialista em assuntos internacionais que trabalha para o Phoenix Group, em Londres, tudo o que Shaw quer é deixar essa vida para trás e se estabelecer tranquilamente ao lado da mulher que ama. Mas seus planos estão prestes a ser frustrados. Ao ver seus lucros diminuírem a cada mês, Nicholas Creel, dono da maior fornecedora de armamento militar do mundo, decide que é hora de provocar uma campanha de difamação contra o governo russo, cujos efeitos são bombásticos. Quando todos os outros países já estão preocupados com a nova Ameaça Vermelha, um sangrento ataque ao prédio do Phoenix Group aumenta ainda mais a tensão mundial. Em meio a tudo isso, Katie James, uma jornalista premiada que caiu em desgraça por causa do alcoolismo, tem acesso ao único sobrevivendo do Massacre de Londres que pode lhe dar o furo capaz de mudar sua vida. Enquanto as peças desse quebra-cabeça de juntam, Shaw parece ter pouco tempo para desarticular essa rede de intrigas e impedir que tenha início um conflito capaz de acabar com o mundo como o conhecemos.
Nunca havia lido um livro de David, mas sempre gostei de livros de investigação e espionagem. No entanto, Baldacci utilizou um método que o diferenciou um pouco dos demais: ele conseguiu formar uma teia entre os personagens de um jeito bastante peculiar, apelando para um sarcasmo posto na medida certa e também nos deu liberdade de imaginação. David conseguiu ainda, expressar sua posição a respeito da ordem política mundial de forma interessante, pois mesmo quem não entende muito de geopolítica, conseguiria situar-se com muita tranquilidade na história.

Então vamos falar sobre o enredo [rufem tambores...]: O mundo está em estado de alerta, desde que Nicholas Creel, junto à Dick (um "criador de notícias") espalham um vídeo de um suposto cidadão russo que acusa a Rússia de ser uma sádica terrorista com um regime ditatorial e que está preparando um massacre em grande escala. Por conta desses e outros acontecimentos, a vida de Shaw vira de cabeça para baixo, e seus planos de se aposentar como agente secreto para se estabilizar ao lado da noiva Anna, vão por água abaixo. Agora ele precisa correr contra o tempo para descobrir o que há por trás dessa "Ameaça Vermelha".

Já Katie está apenas em busca de um furo de reportagem para superar a decadência de sua carreira como jornalista, porém, acaba se envolvendo nessa história mais do que gostaria, e assim, torna-se um alvo. Katie foi a personagem que mais me apeguei, porque além de me identificar com sua profissão, ela demonstra uma personalidade forte e muita determinação para vencer os desafios que a impedem de seguir em frente.

Todas as relações envolvidas (Shaw e Anna, Shaw e Katie, Shaw e Frank, e por aí vai) foram muito bem construídas. Achei ótimo ele não ter feito como a maioria dos autores que deixam o mistério para nós desvendarmos de acordo com os enigmas apresentados, e põem as relações pessoais mais à parte, como algo secundário. Com Toda a Verdade ocorre o inverso, não há mistérios muito fortes na parte investigativa, o jogo é bem aberto. Em compensação, há muita ação — e como!

Porém, o mais perfeito de tudo foi a manipulação das informações, que o autor explica brevemente numa nota ao fim do livro. Pesquisando melhor sobre o assunto, fiquei CHOCADA de como pode ser fácil controlar a opinião das pessoas e sair espalhando falsas notícias por aí.

Por que perder tempo descobrindo a verdade quando se pode facilmente criá-la?

O desfecho me deixou refletindo de diversas formas, e não me fez apenas fechar o livro, pensando: "pronto, acabou!". O cenário de uma guerra iminente que pode eclodir a qualquer momento se Shaw, Katie e outros falharem, foi um tanto ousado e totalmente eletrizante! Bom, amei mesmo! Pretendo ler outros livros de David porque ele realmente tem talento. Não foi o romance policial mais espetacular que já li, mas valeu muito a pena, e por isso recomendo com fervor para vocês!
Espero que tenham gostado de minha primeira resenha aqui. Até a próxima, colecionadores!

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. nossa que bom que curtiu o livro, vou tentar pegar para ler kkk o livro e muito lindo e parecer realmente que vai valer muito a pena kkk beijinhos
    http://livro-azul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é ótimo, vc amplia bastante sua visão de mundo! David Baldacii surpreende, pode apostar.
      Bjs!

      Excluir
  2. Eu e essa minha paixão por romance policial! Amei a resenha <3

    Beijos!
    www.naoleia.com

    ResponderExcluir
  3. Romance policial é mesmo perfeito, não é? *----* Que bom que gostou! Continue acompanhando o blog, vem mais romances policiais por ai... ;)

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...