-

{ Resenha } As virgens suicidas

Lido em: Março 2015
Título: As virgens suicidas
Autor: Jeffrey Eugenides
Gênero: Literatura estrangeira, Romance
Páginas: 232
Ano: 2012
Editora: Companhia das Letras
Comprar: Submarino, Americanas
Nota:
Skoob
Num típico subúrbio dos Estados Unidos nos anos 1970, cinco irmãs adolescentes se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia, ocorrida no seio de uma família que, em oposição aos efeitos já perceptíveis da revolução sexual, vive sob severas restrições morais e religiosas, é narrada pela voz coletiva e fascinada de um grupo de garotos da vizinhança. O coro lírico que então se forma ajuda a dar um tom sui generis a esta fábula da inocência perdida.

Anos 70, cinco irmãs adolescentes se suicidam e um conjunto de amigos da vizinhança tentam entender o que ocorreu. Uma história trágica, tratada com delicadeza e com narradores improváveis. 

Logo no inicio já sabemos que as cinco irmãs da família Lisbon irão tirar suas vidas, não sabemos como isso irá ocorrer ou quais os motivos as levarão a isso, mas os garotos da vizinhança irão nos ajudar. Através de entrevistas, fatos que eles os outros garotos e vizinhos vivenciaram passamos a conhecer um pouco mais sobre cada garota e a imaginar o que pode ter levado as mortes. 

É incrível como o clima dramático não impede a identificação com diversas situações que os garotos passam no colégio e até mesmo a diversão em certos momentos. É curioso saber como foram seus primeiros encontros, como eram aficionados pelas meninas e como buscavam diversas formas de alcança-las, sendo algumas delas criativas e outras desastrosas. 

As irmãs Cecilia, Lux, Mary, Bonnie e Therese são personagens muito interessantes, pois cada uma apresenta características únicas e conseguimos distingui-las muito bem, mesmo que muitas vezes todas pareçam iguais para os meninos, já que estão sempre juntas. Outro fator importante é toda a proteção que as meninas são envoltas, os pais as escondem do mundo e de todos seus perigos, levando muitas vezes esta defesa a pontos exagerados. 

É difícil fazer qualquer critica a obra, pois o autor soube tratar o tema muito bem e criar uma história cheia de drama, romance, nostalgia e também aventuras. No começo fiquei um pouco perdida para entender melhor quem eram os narradores e como eles sabiam tanto sobre as garotas, contudo após as primeiras dezenas de paginas já estava completamente ambientada e imersa na história. 

Gostei muito de me arriscar em um gênero narrativo completamente diferente das fantasias e mistérios que estou acostumada e recomendo o livro a todos, pois além de apresentar uma história interessante também possibilita diversas reflexões sobre vida, morte e a forma de lidar com cada uma delas. A obra foi adaptada para o cinema em 1999 pela premiada cineasta Sofia Coppola.



Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Eu vi o filme e confesso que só recentemente soube que tinha o livro.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Faaaaaz muito tempo que quero ler esse livro, lembro que teve uma época que fiquei louca para comprar mais não achava em livraria nenhuma! Me deu mais vontade de ler ainda com sua resenha! Não sabia que quem contava a história era os meninos.,, Fiquei bem curiosa!
    E adoro os filmes da Sofia Coppola, mas nunca assisti esse por conta de querer ler o livro primeiro (Tenho essas neuras haha)
    Adorei a dica...
    Beijinhos Bi
    http://www.janeladela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...