-

Resenha - Teardrop - Lauren Kate


Lido em: Abril de 2014
Resenhista: Natana Duarte 
Título: Teardrop
Autor: Lauren Kate
Gênero: Fantasia, Ficção, Romance
Editora: Galera
Páginas: 336 
Ano: 2013
Comprar: Submarino, Saraiva
Nota:

Depois de perder a mãe em um acidente no mar, Eureka acha que nunca mais voltará a sorrir. E a promessa que fez à mãe – a de nunca mais chorar – se torna quase impossível… até conhecer Ander. Louro, alto e de pele muito branca, o rapaz parece estar em todos os lugares e saber coisas que não deveria sobre Eureka. Inclusive um estranho segredo relacionado às suas lágrimas e aos três artefatos que herdou da mãe: uma carta, uma pedra e um misterioso livro que conta a história de uma menina com o coração partido. Ela chorou tanto que deixou debaixo d´água um continente inteiro. Logo Eureka vai descobrir que a antiga lenda é mais que uma história, que Ander pode estar dizendo a verdade e que sua vida pode ter um curso mais sombrio do que ela imaginou.
Será que sou só eu esperava mais do livro? Sou fã de carteirinha da outra série da autora, Fallen, nossa, morri de amores mesmo, e esperava de Teardrop algo tão bom quanto, porém Eureka e seus devaneios e desejos suicidas me deram um banho de água fria. Não que eu não tenha gostado do livro, até que gostei, mas foi aquele gostar sem apego, é o tipo de livro que não te marca. Ele simplesmente foi acontecendo e quando eu acabei de ler percebi que não mexeu comigo em nenhum momento, sabe aquela emoção? O tham que faz a gente suspirar? Nada, apenas uma leitura tranquila e um tanto insonsa.

Eureka é o tipo de personagem que eu não gosto, ela pode até ter perdido a mãe, ter um pai e uma madrasta asquerosos, gente o que são aqueles dois? Vivem em que mundo? Não conseguem escutar os pedidos de socorro que a menina praticamente grita por todos os lados... Mas, ainda assim, isso não justifica a falta de auto preservação de Eureka e a sua irritabilidade com tudo o que acontece na sua vida. É como se o mundo devesse girar em torno do umbigo de Eureka e isso é muito irritante. Gosto do choque de realidade que o amigo, Brooks, dá nela. Ele diz tudo o que eu gostaria de ter dito pra Eureka. Mas o querido e meigo Brooks está diferente, anda meio fora de si e só bem no final do livro é que vamos descobrir o motivo, isso me deixou curiosa, pois aí está uma ótima deixa para a continuação do livro... Só espero que seja bem aproveitada heim Lauren!!!

Fora o meu pequeno desentendimento com Eureka, a leitura até que fluiu. Vamos ter suspense, magia e muitas lágrimas, ou não, já que Eureka nunca, nunca chora. Durante toda a leitura já sabemos que há algo errado ou especial com ela devido a um incidente com sua mãe, ela a faz prometer nunca mais chorar, na verdade essa promessa é induzida por um tapa forte no rosto de Eureka, junto com um grito para nunca mais chorar, sob hipótese alguma ela poderia derramar alguma lágrima. Achei essa cena exagerada, ela era só uma criança e isso a deixa traumatizada, tanto que ela não sente vontade de chorar nunca mais, não por não ter motivos, mas sim por obrigação de manter essa promessa, até então absurda. 
“Nunca, jamais volte a chorar!"
A ideia do livro foi bem bacana, o ressurgimento de atlanta, a cidade perdida, os caras maus atrás de Eureka, querendo sua cabeça a todo custo dão um pouco de medo e isso trouxe um pouco de tensão ao livro, uma história paralela que vai sendo contada através de um livro deixado pela mãe de Erueka e alguns talismãs nos ajudam a entender mais o que está acontecendo com a protagonista e os mistérios envolvendo esses artefatos nos intrigam e nos fazem querer continuar a leitura para descobrir a fundo o que há de tão especial em Eureka e qual seu papel na história.

Um livro que poderia ter sido classificado cindo estrelas e até um coraçãozinho se os personagens tivessem me conquistado, nem mesmo o príncipe sombrio que vigia Eureka desde que ela nasceu foi bom o suficiente para eu mudar minha opinião. Não me levem a mal quem amou o livro. Eu, repetindo, gostei da história, mas acredito que poderia ter sido melhor aproveitada se a protagonista não fosse tão egoísta e teimosa. No mais o livro é bom sim, vale a pena ler. Estou curiosa para saber o que vai ser do Brooks e, depois dos últimos acontecimentos, o que Eureka irá fazer.


Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Estou a ler neste momento :) ainda vou nos primeiros capítulos mas estou a gostar.
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...