-

Review - Reviving Izabel - J. A. Redmerki

Lido em: Março de 2014
Resenhista - Natana Duarte
Título: Reviving Izabel
Autor: J. A. Redmerski
Gênero: Ficção, Suspense
Páginas: 373
Ano: 2013
Comprar: Amazon
Nota:

Determinada a viver uma vida sombria na companhia do assassino que a libertou da escravidão, Sarai pretende sozinha ajustar as contas com um sádico do mal. Não-qualificada e inexperiente na arte de matar, os eventos que se desenrolam a deixam pendurada precariamente à beira da morte, quando nada sai como planejado. As escolhas imprudentes de Sarai a enviam em um caminho que ela sabe que nunca poderá voltar atrás e assim ela se apresenta a Victor com um ultimato: ajudá-la a tornar-se mais parecida com ele e dar-lhe uma chance de lutar, ou ela fará isso sozinha, não importa as conseqüências.

Sarai conseguiu o que queria, está finalmente livre para seguir sua vida como alguém normal e é isso que ela faz. Vai para a faculdade, faz amigos e finge ser que não é e nunca será. Mas ela não se contenta com o que tem, a sede de vingança está lá, incrustada em seu coração, e ela finalmente se deixa vencer e parte, sem ajuda de ninguém, nessa missão suicida. Sarai se mete em encrencas e imagina quem aparece para salvá-la? Nosso lindo e sexy Victor. Ele sabe que não há o que possa tirar essa louca vontade de se meter em problemas que Sarai tem e começa à treiná-la.  Quando eles descobrem que o braço direito de Arthur Hamburgo, Willem Stephens, se aproxima em uma cruzada para destruir Sarai, ela fica com a esmagadora percepção que ela pode ter abocanhado mais do que ela podia mastigar, mas ainda assim ela assume novamente o papel de Izabel Seyfried, e agora com um conjunto novo de habilidades mortais próprias, irá provar que merece um lugar ao lado de Victor. Mas não acaba por aí não, ela precisa passar por um teste que pode ser capaz de fazê-la questionar tudo o que ela tem trabalhado tão duro para conseguir, bem como questionar sua decisão de querer essa vida perigosa e se tudo o que ela passou a confiar à respeito de Victor Faust é realmente verdadeiro.


Sarai, ou Izabel, como é chamada no mundo do crime, é uma personagem extremamente forte. Sua força e persistência nesse livro me chocaram, eu senti como se não fosse ter um único minuto de descanso. Ela está ainda mais linda, teimosa, independente e determinada do que no primeiro livro. Victor por sua vez está mais humano, mas não se desesperem pois ele continua sexy como o inferno e não perde sua pose de macho alfa poderoso. Ele mostra traços de bondade e amor, algo mais real e humano, coisas que não vemos no primeiro livro. Eu sabia que ele tinha um coração, só precisava de um empurrãozinho para que isso saísse e Sarai leva Victor ao extremo até que ele confesse o que sente por ela. 

Conhecemos também mais sobre Fredrik e o capítulo que foi narrado por ele quebrou totalmente o meu coração. Estou  muito ansiosa por seu livro para conhecer sua história. Ele é um mistério e poucas coisas foram reveladas sobre seu passado, mas o que vimos já da pra ter uma noção de que sua história vai ser um arraso. O que aconteceu com sua esposa? Meu Deus, estou processando ainda. 


Esse livro fez minha cabeça dar voltas e voltas. Quando eu achava que não podia acontecer mais nada surpreendente, lá vinham revelações e fatos que me tiravam o fôlego. Eu li o livro como se já estivesse vendo o filme na minha frente, estou torcendo para que haja um, porque essa história realmente merece ir para as telonas!!! O ritmo dos acontecimentos são rápidos, quase frenéticos e nos pegam sempre desprevenidos. Mas o que mais me deixou perplexa, coisa de cair o queixo mesmo, e que me fez ler umas duas vezes o mesmo trecho, foi o teste de Sarai. Eu não conseguiria ter o sangue frio dela, muito menos sua sua obstinação. Não sei qual seria minha atitude, mas acredito que iria bater em todos eles, principalmente em Victor!!!

" Sarai, você nunca sabe quem pode te trair até que seja tarde demais. "


Mais uma vez Redmerski dá um show, com seus personagens complexos e uma história eletrizante ela nos leva a um mundo onde ou você mata ou acaba morrendo, sabe, dente por dente, olho por olho? Basicamente isso. Como disse na review do primeiro livro, não é uma história bonitinha e cheia de frescuras, pelo contrário, acho até que algumas partes podiam ter sido mais brandas, mas se fossem não teriam retratado tão bem uma realidade cruel que a maioria de nós desconhece. Vivemos no nosso mundinho perfeito e nos surpreendemos quando alguém escreve algo que fuja do padrão. A autora está de parabéns pela qualidade de seus livros. Espero por algo ainda melhor na história de Fredrik. Eu recomendo este livro para todos que amam ação, suspense, torturas e um pouco de amor bandido para apimentar as coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...