-

Resenha - Paixão sem Limites

Lido em: Dezembro de 2013
Título: Paixão sem Limites
Autor: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: New Adult
Páginas: 192
Ano: 2013
Comprar: Saraiva
Nota:
Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa.

Blaire é uma garota do Alabama, que possui uma caminhonete velha caindo aos pedaços e uma pistola 9mm com a qual sabe atirar muito bem e nenhum dinheiro no bolso que acaba de enterrar a mãe sem ajuda nenhuma. Sem ter para onde ir ela pede socorro ao pai que a abandou depois de um terrível acidente de carro que matou sua irmã gêmea. Blaire tem muitos demônios para lidar e precisa de ajuda. Coisa que ela não vai encontrar tão facilmente na casa onde vai morar. Blaire vai começar com o pé esquerdo, pois seu pai viajou com a madrasta dela e a deixou a deriva do sexy, lindo e estúpido Rush. Ele é filho de um famoso astro do rock e não suporta a ideia da filha do padrasto se instalar em sua casa e está decidido a mandar ela embora, ou pelo menos estava até conhece-la. 

Blaire e Rush formam o típico casal garota certinha e bad boy bem de vida e maravilhoso que só quer festa com os amigos ricos, mas que devido a convivência acabam desenvolvendo algo. Rush é um canalha idiota a maior parte do tempo e eu detestei ele por um grande número de páginas. No começo ele maltrata Blaire, coloca ela no pior quarto da casa, um cubículo embaixo da escada ( um tanto Harry Potter) que mal cabe ela e cama e o pior de tudo é que Rush leva toda uma garota diferente para casa. Blaire por outro lado, é doce e incrivelmente compreensiva, não pede atenção e não exige nada., apenas quer trabalhar e juntar dinheiro para dar o fora da casa na qual não é bem vinda. Porém mesmo sabendo que Rush possivelmente vai quebrar seu coração ela não consegue dizer não para a atração que sente por ele. Vou confessar que há cenas hot bem gostosinhas!! Ai Rush... Rush... kkk


O livro tinha tudo para ser extremamente clichê, não que ele não seja um pouco, porém eu amo a escrita da Abbi, já resenhei outros livros dela aqui no blog e já disse como suas histórias são divertidas e fáceis de ler. Com Paixão sem Limites não foi diferente, apesar do ser cheio de dilemas familiares e muitas brigas, o clima é leve e gostoso. Os momentos de mais tensão e que me tiraram realmente do sério foram os que envolveram a irmã de Rush, Nan, ela é uma criatura insuportável e toda vez que entra em cena é só baixaria, uma louca de pedra que quer a atenção e o amor do irmão só para si e não se importa de  humilhar Blaire para isso. Sem contar que também há um terrível segredo sobre Blaire e parece que ela é a única que não sabe e isso vai por sua relação com Rush à prova, já que ele sabia e não contou para ela.
"O corpo inteiro de Rush estava tenso, mas ele não parecia querer dizer nada. Senti um peso no coração. Aquele segredo, fosse qual fosse, nos impediria de fazer qualquer coisa. Era importante demais para ele e, portanto, um alerta vermelho para mim. Se ele era incapaz de me contar algo que até mesmo Bethy sabia, nós tínhamos um problema."
Um livro sobre amor, perdão e o poder da "escolha". Como se nos dissesse: "-Você as vezes tem que abrir mão de alguma coisa para conseguir outra melhor." Foi tão inspirador ver como Blaire tenta ser boa, como ela tenta ver o lado bom das pessoas que as vezes eu só queria que ela mandasse todos pra o inferno e fosse um pouco egoísta, sim eu desejei isso. Não vou dizer que ela é o exemplo de personagem com um incrível senso de julgamento de caráter porque ela falha algumas vezes, mas ela é ma garota de 19 anos que foi forçada pelas circunstâncias a amadurecer tão depressa e cuidar da mãe sozinha desde os dezesseis tendo que abrir mão de tantas coisas e isso meio que dá a ela o direito de fazer algumas burradas néh?  

Enfim, eu amei Paixão sem Limites. Adoro romances mulherzinha e esse definitivamente é um deles. Com certeza vale a pena gastar um tempo com Blaire e Rush e seus amigos.

Série The Rosemary Beach:
1. Fallen Too Far (Paixão sem limites) - Blair e Rush
2. Never Too Far (Tentação sem limites) - Blair e Rush
3. Twisted Perfection - Woods
4. Forever Too Far - Blair e Rush
5. Simple Perfection - Woods 
6. Quem sabe história de Grant?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...