-

Resenha - Métrica - Colleen Hoover

Lido em: Agosto de 2013
Título: Métrica - Slammed#1
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Romance
Ano: 2013
Páginas: 304
Comprar: SaraivaSubmarino
Nota  :   

Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Sabe quando você começa a ler um livro sem saber o que esperar dele? Foi assim que peguei Métrica, sem saber o que me esperava, a capa não havia me chamado atenção e não imaginava do que se tratava a história, nem sequer lido a sinopse dele eu tinha!! Mas esse livro só serviu para que eu desse ainda mais crédito ao velho ditado popular que diz que não devemos julgar um livro pela capa. A leitura foi emocionante, comovente, divertida, intensa e, mais do que qualquer coisa, cativou a minha alma! Fiquei completamente apaixonada pelos personagens e suas muitas histórias de amor, sofrimento e superação.

“- Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. Merda acontece. E acontece muito. Com muita gente.

Layken perdeu o pai fazem apenas 6 meses e a mãe decidiu que eles devem se mudar para o Michigan, a muitos quilômetros longe do único lar que ela conheceu. Layken vai ter que deixar tudo pra trás, a casa, que trás lembranças tão boas do pai, a escola, os amigos, tudo, e ela não está nem um pouco feliz com isso. Já Will perdeu os pais em um acidente de carro á dois anos e cria a irmão de 9 anos sozinho. Eles vão se conhecer no momento mais crítico da vida de Layken, e como se não bastasse ter perdido o pai, ela descobre que a mãe está doente. A atração entre os dois é inegável, porém a vida gosta de pregar peças em Layken e eles não podem ficar juntos. Will é professor dela. Apesar da diferença de idade ser pequena entre eles, ele dá aulas de poesia na escola onde ela vai estudar o último ano do colegial e o mais importante, ele precisa do emprego para poder cuidar do irmão, com isso, não resta nada a fazer se não se afastarem um do outro.

“Na poesia dos dois, talvez a estrofe perfeita seja solitária e ímpar. E amor rime com dor.”

Os dramas não só dos personagens principais. Podemos ver outros temas como conflitos familiares, adoção e drogas na vida de Eddie. Eu simplesmente amei ela. Eddie é a melhor amiga de Layken, uma amizade que surgiu já no primeiro dia de aula na escola nova em que Layken foi estudar, Eddie passou por muitos lares adotivos e situações desagradáveis, mas encontrou um pai que a ama e que mostra que família não precisa de laços sanguíneos para ser verdadeira. Ela roubou a cena muitas vezes e se tornou tão importante para o desenrolar da história quanto a própria Layken. Ela está na minha lista de melhores amigas literárias com certeza, kkk...

Quero ser seu pai, Eddie. Quero ser sua família pelo resto da sua vida.


Um livro emocionante, que me fez chorar, rir e chorar novamente. Vale cada minuto que gastei lendo ele. Uma história comovente que fala de temas tão complexos de uma maneira tão bonita, romântica e plausível. Narrado tão intensamente, fez com que as emoções descritas no papel se misturassem com as minhas próprias emoções ao ler o livro, me prendendo de uma maneira que não tive vontade de largá - lo até acabar de ler. Métrica é uma verdadeira lição sobre luto, que nos ensina que o mais importante é enfatizar a vida, aproveitar cada minuto com as pessoas que amamos e, independente do tempo que temos pela frente, enfrentar os desafios e dores que ela irá nos trazer sempre com esperança de dias melhores.

"Eu levei a maior lição esse ano de 
um 
garoto
Um garoto por quem estou seriamente, profundamente, loucamente, incrivelmente 
e inegavelmente apaixonada
E ele me ensinou que a coisa mais importante de todas... 
É enfatizar 
A vida!"

Há também muita poesia. É através de concursos de Slan, em uma boate, que os personagens expressam seus mais íntimos sentimentos ao mundo, recitando seus poemas eles colocam tudo o que sentem pra fora, como uma forma de liberação. São textos tão bonitos que eu tenho vontade de ler tudo novamente e gostaria de colocar todos eles na resenha, mas vou deixar pra fazer um post especial, tamanha minha paixão pelo livro!! Se você tiver qualquer dúvida sobre a leitura deste livro por favor, dê uma chance a ele e você não vai se decepcionar! OBRIGADA Colleen, obrigada por escrever uma história tão incrivelmente bonita, foi um presente e um prazer ler Métrica!

O que as outras pessoas pensam de suas palavras não deve importar. Quando você está no palco, você compartilha um pedaço de sua alma. Não dá para pontuar isso.

E pra finalizar, em cada começo de capítulo a autora colocou trechos de músicas da banda The Avett Brothers, esses trechos estão relacionados aos sentimentos dos personagens e dá um toque super especial a leitura. Abaixo segue as musicas, caso vocês queiram dar uma olhada no youtube.

Playlist


  • The Avett Brothers – Salina
  • The Avett Brothers – Gimmeakiss
  • The Avett Brothers – I Would Be Sad
  • The Avett Brothers – Ill With Want
  • The Avett Brothers – Paranoia In B Flat Major – Live
  • The Avett Brothers – Living Of Love
  • The Avett Brothers – Tin Man
  • The Avett Brothers – The Perfect Space
  • The Avett Brothers – Slight Figure Of Speech
  • The Avett Brothers – Paranoia in B Major
  • The Avett Brothers – Die Die Die
  • The Avett Brothers – Swept Away
  • The Avett Brothers – All My Mistakes
  • The Avett Brothers – Ten Thousand Words
  • The Avett Brothers – Complainte D’vn Matelot Mourant
  • The Avett Brothers – Murder in the City
  • The Avett Brothers – Laundry Room
  • The Avett Brothers – Talk On Indolence
  • The Avett Brothers – If It’s The Beaches



Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Adorei a sinopse, com certeza já esta na minha lista de compras. Amei!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, com certeza vou comprar. Ele parece ser daqueles livros que faz você chorar horrores, rs. Mas o tema dele me agradou muito, ando com um medo de perder pessoas que gosto fora do normal. Talvez depois de ler esse livro melhore, ou não né, rs, mas acho que essa será uma leitura bem proveitosa.

    ResponderExcluir
  3. Eu liii! Que livro liindo! Faço das suas palavras as minhas: "OBRIGADA Colleen, obrigada por escrever uma história tão incrivelmente bonita, foi um presente e um prazer ler Métrica!" Esse livro sem sombra de dúvidas vai fazer parte de toda minha vida. Vou levar muita coisa dele comigo, por que sim, eu aprendi muita coisa com ele. E fiquei muito feliz em saber que vai ter continuação dele e que vai estar disponível aqui no Brasil ainda esse ano.

    ResponderExcluir
  4. “- Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. Merda acontece. E acontece muito. Com muita gente.” Gostei dessa quote.
    Já li muitas resenhas desse livro e estou ansiosa para lê-lo porque parece ser o tipo de livro que se tornará meu favorito *-*
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...