-

Colecionando Quotes #04 - Métrica

MÉTRICA - COLLEEN HOOVER

Um Colecionando Quotes mais do que especial, tirados do livro Métrica, pelo qual me apaixonei perdidamente!!  Peguei alguns quotes e alguns poemas, não podia deixar de compartilhar com vocês, são muito lindos! Espero que gostem!!  Leia a Resenha


Morte
A única coisa inevitável na vida.

As pessoas não gostam de falar sobre a morte porque

isso as deixa tristes.

Elas não querem pensar que a vida vai continuar

sem elas,

que todas as pessoas que elas amam vão ficar de luto brevemente,
mas vão continuar respirando.
Elas não querem pensar que a vida vai continuar
sem elas,
Que os filhos vão crescer do mesmo jeito
E vão casar
E vão envelhecer
Elas não querem pensar que a vida vai continuar
sem elas
Que as coisas materiais serão vendidas
Que os históricos médicos serão arquivados 
Que seus nomes vão se tornar uma lembrança para todos que conheciam.
As pessoas não querem pensar que a vida vai continuar
sem elas, então, em vez de lidar com isso
diretamente, evita-se o assunto inteiramente,
torcendo e rezando para que, de alguma maneira, ela…
passe direto.
Se esqueça delas,
e pule para o próximo da fila.
Não, as pessoas não querem imaginar como
a vida vai continuar…
sem elas.
Mas a morte
não
se esqueceu.
Em vez disso, as pessoas deram de cara com a morte,
que veio disfarçada de um caminhão de dezoito rodas
atrás de uma nuvem de névoa.
Não.
A morte não se esqueceu delas.
Se ao menos elas tivessem se preparado, aceitado o
inevitável, feito planos, compreendido que
não se tratava apenas da vida delas.
Por mais que legalmente eu fosse considerado um adulto aos 19 anos, eu ainda me sentia
completamente
como um garoto de apenas 19 anos.
Despreparado
E sobrecarregado
por, de repente, passar a ter a vida inteira de um garoto de 7 anos
sob meus cuidados.
Morte. A única coisa inevitável na vida.

__________________________________________

Este ano levei a maior lição de todo mundo
Do meu irmãozinho...
Dos Avett Brothers...
da minha mãe, da minha melhor amiga, do meu professor, do meu pai, e
de
um
garoto.
Um garoto por quem estou seriamente, profundamente, loucamente, incrivelmente e
inegavelmente apaixonada.
Levei a maior lição de todas esse ano.
De um garoto de 9 anos.
ele me ensinou que é bom viver a vida um pouco ao contrário.
E me ensinou a rir
Do que você acharia
impossível rir.
Eu levei a maior lição esse ano de uma banda!
Eles me ensinaram a encontrar aquele sentimento de sentir novamente. E me ensinaram a 
decidir o que eu queria ser e ser isso.
Eu levei a maior lição
de uma pessoa com câncer,
Ela me ensinou tanto. E ainda me ensina tanto,
Ela me ensinou a questionar.
A nunca me arrepender.
Ela me ensinou a ampliar meus limites, porque é pra isso que eles existem.
Ela me disse para encontrar um equilíbrio entre a cabeça e o coração e então
me ensinou como fazer isso...
Eu levei a maior lição esse ano de uma garota que mora com uma família de adoção.
Ela me ensinou a respeitar a sorte que me foi dada.
E a ter gratidão por ao menos ter recebido alguma.
Ela me ensinou que família
Não precisa de sangue.
Que, às vezes, sua família
são seus amigos
Levei a maior lição esse ano do meu professor,
Ele me ensinou
Que a pontuação não é o objetivo; O objetivo é a poesia...
Eu levei a maior lição esse ano do meu pai.
Ele me ensinou que os heróis nem sempre são invencíveis e que a mágica
está dentro de mim.
Eu levei a maior lição esse ano de 
um 
garoto
Um garoto por quem estou seriamenteprofundamenteloucamenteincrivelmente 
e inegavelmente apaixonada
E ele me ensinou que a coisa mais importante de todas... 
É enfatizar 
vida!"

__________________________________________

Eu conheci um garota
Uma garota linda
E me apaixonei por ela.
Me apaixonei pra valer.
Infelizmente, às vezes, a vida fica no caminho A vida com certeza ficou no meio do meu
caminho
Ficou totalmente no meio do meu maldito caminho, a vida bloqueou a porta com um monte de tábuas de madeira gigantes, marteladas juntas e grudadas numa parede de concreto de
quarenta centímetros, atrás de uma fileira de barras de aço maciço, parafusados numa
estrutura de titânio e não importava com quanta força eu tentasse empurrar...
Aquilo
não
se
mexia.
Ás vezes, a vida não se mexe.
Ela apenas vai bem para o meio do seu maldito caminho.
Ela bloqueou meus planos, meus sonhos, meus desejos, minhas vontades,
minhas necessidades.
Ela bloqueou aquela garota linda por quem me apaixonei tanto.
A vida tenta dizer o que é melhor para você.
O que deve ter mais importância para você.
O que deve vir em primeiro lugar Ou em segundo
Ou terceiro.
Tentei tanto deixar tudo organizado, empilhado, em ordem alfabética ou cronológica, tudo em
seu espaço perfeito, em seu lugar perfeito.
Achei que era isso que a vida queria que eu fizesse.
é isso que a vida precisava que eu fizesse.
Não é?
Deixar tudo ordenado?
Às vezes, a vida fica no meio do caminho.
Fica totalmente no meio do seu maldito caminho.
Mas ela não fica totalmente no meio do seu maldito caminho por querer que vocês desista e
deixe que assuma o controle. A vida fica totalmente no meio do seu maldito caminho só
porque quer que você deixe tudo nas mãos dela e seja levado por ela.
A vida quer que você lute.
Que aprenda a fazer uma vida sua.
Ela quer que você peque um machado e destrua a madeira.
Ela que que você pegue um martelo de forja e quebre o concreto.
Ela quer que você pegue um maçarico e queime o metal e o aço até conseguir alcançar lá
dentro e agarrar.
A vida quer que você agarre tudo que há de organizado, em ordem alfabética e cronológica.
Ela quer que você junte tudo,
mexa tudo, misture.
A vida não quer que você deixe que ela diga que seu irmão mais novo é a única coisa que
vem em primeiro lugar.
A vida não quer que você deixe que ela diga que sua carreira e seu estudo são os únicas
coisas que vêm em segundo lugar.
E a vida não quer mesmo que eu simplesmente deixe que ela diga que a garota que
conheci - a garota linda, forte, incrível e corajosa por quem me apaixonei tanto - deve vir 
somente em terceiro lugar.
A vida sabe das coisas.
A vida está tentando me dizer
Que a garota que eu amo a garota por quem me apaixonei 
tanto
Pode sim ficar em primeiro lugar.
Eu vou colocá-la em primeiro lugar.
__________________________________________

Um milhão, cinquenta e um mil e
duzentos minutos.
É mais ou menos a quantidade de minutos
que amo você,
É a quantidade de minutos que pensei em você,
A quantidade de minutos que me preocupei com você
A quantidade de minutos que agradeci a Deus por você
A quantidade de minutos que agradeci a todas as divindades do
Universo por você
Um milhão
Cinquenta e um mil
e
Duzentos
Minutos...
Um milhão, duzentos e um mil e
duzentas vezes.
É a quantidade de minutos que você me fez sorrir,
a quantidade de minutos que você me fez sonhar,
a quantidade de minutos que você me fez acreditar,
a quantidade de minutos que você me fez descobrir,
a quantidade de minutos que você me fez adorar,
a quantidade de minutos que você me fez valorizar
Minha vida.
E exatamente daqui a um milhão, cinquenta e um mil e duzentos minutos, vou pedir você em casamento e peguntar se você quer compartilhar todos os minutos restantes da sua vida comigo.



"Toda mulher deve ser capaz de responder três perguntas antes de se comprometer com um homem. Se disser ‘não’ a qualquer uma das três, saia correndo. […] Ele a trata com respeito o tempo inteiro? Essa é a primeira pergunta. A segunda é: se, daqui a vinte anos, ele fosse exatamente a mesma pessoa que é hoje, você ainda assim se casaria com ele? E, finalmente, ele faz com que você queira ser uma pessoa melhor? Se conseguir responder ‘sim’ às três em relação a uma pessoa, então encontrou um homem decente."

Quando uma pessoa próxima morre, as lembranças que você tem dela se tornam dolorosas. Só na quinta fase do luto as lembranças não doem mais tanto assim; é quando as recordações se tornam boas.
É quando você para de pensar na morte da pessoa e passa a se lembrar de todas as coisas maravilhosas a respeito da vida dela. 

O que as outras pessoas pensam de suas palavras não deve importar. Quando você está no palco, você compartilha um pedaço de sua alma. Não dá para pontuar isso.

Nunca me arrependi. Duvidar, eu duvidei. Mas me arrepender, não.

(...) Neste momento, não sou mesmo capaz de compreender como deve ser ter o coração partido de verdade. Se eu sentir uma dor apenas um por cento mais forte do que já estou sentindo, abdico do amor. Não vale a pena.

- Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. Merda acontece. E acontece muito. Com muita gente.

Fico imóvel, tentando assimilar os últimos quinze segundos da minha vida. De onde foi que surgiu aquilo? Por que é que eu fiquei lá parada, deixando que ele fizesse aquilo? Apesar das minhas objeções percebo, de modo ridículo, que tinha acabado de vivenciar o beijo mais apaixonado que já recebi de um garoto – e foi na porcaria da testa!

E daí? E daí que a dor sobre a qual você escreveu ano passado não é o que você está sentindo hoje? Pode ser exatamente o que a pessoa na primeira fila está sentindo. O que você está sentindo agora, e a pessoa a quem suas palavras talvez afetem daqui a cinco anos – é por isso que se escreve poesia.

Aquele minuto de pura felicidade que senti e a dor no coração que veio momentos depois é algo que não quero sentir de novo. Cansei de ficar me lamentando.

-Toda vez que comemos basanha é porque tem alguma notícia ruim. Vocês fizeram basanha quando vovô morreu. Fizeram basanha quando me disseram que papai tinha morrido. E fizeram basanha quando me disseram que a gente ia se mudar para o Michigan. E estão fazendo basanha agora.

Ampliem seus limites, é para isso que eles existem.

(...) Neste momento, não sou mesmo capaz de compreender como deve ser ter o coração partido de verdade. Se eu sentir uma dor apenas um por cento mais forte do que já estou sentindo, abdico do amor. Não vale a pena.

Lembrem-se sempre de que o que mais vale a pena ser compartilhado é o amor que nos faz compartilhar nosso sobrenome.

Não levem a vida tão a sério. Deem um murro bem na cara dela quando ela estiver precisando de uma boa surra. Riam dela. E riam muito . Nunca passem um dia sem rir pelo menos uma vez.

Nunca julguem os outros. Vocês dois sabem muito bem como acontecimentos inesperados podem mudar quem a pessoa é. Sempre pensem nisso. Nunca se sabe pelo que uma pessoa está passando em sua vida.

Questionem tudo . Seu amor, sua religião, suas paixões. Se não questionarem, nunca vão obter respostas.

Sejam compreensivos. Em relação a tudo. Às diferenças das pessoas, suas semelhanças, escolhas, personalidades. Às vezes, é a variedade que faz uma coleção ser boa. O mesmo se aplica às pessoas.

Encontrem um equilíbrio entre cabeça e coração. Espero que tenha encontrado isso, Lake.

Escolham bem suas batalhas, mas não escolham muitas.
Tenham uma mente aberta; só assim coisas novas chegarão a vocês.
E, por último, mas nem um tiquinho menos importante. Nunca se arrependam...

Não parem de fazer basanha. Basanha é bom. Esperem até um dia em que não tenha nenhuma notícia ruim e preparem uma maldita basanha. 

Bom acho que é isso. Amei o livro e estou começando a ler a continuação! Já já tem mais Will e Layken por aqui, hehehe

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Parabéns ótima seleção de quotes, dando mais um gostinho de como é o livro

    ResponderExcluir
  2. Que linda essa poesia sobre a morte. Que escritora fantástica! Já virei fã só pela resenha e os quotes. E esse quote "Fico imóvel, tentando assimilar os últimos quinze segundos da minha vida. De onde foi que surgiu aquilo? Por que é que eu fiquei lá parada, deixando que ele fizesse aquilo? Apesar das minhas objeções percebo, de modo ridículo, que tinha acabado de vivenciar o beijo mais apaixonado que já recebi de um garoto – e foi na porcaria da testa!" que liindo kkk adorei. Quero muuito ler esse livro.

    ResponderExcluir
  3. Nunca vi alguém falar assim sobre a morte e bem diferente das pessoas da poesia, até gosto de falar sobre ela. Tipo, li o primeiro já com o pensamento 'que lindo', o próximo 'nooossa' e assim seguiu! Amei tuas escolhas e estou desejando bastante o livro, somente pelos seus quotes!
    Beijinhos, Thamires R.
    http://marcaprovisoria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hey,
    Essa poesia sobre a morte é extremamente encantadora! Eu simplesmente amei e me emocionei! Esses quotes são perfeitos! Eu fiquei muito curiosa para ler esse livro, acho que vou gostar muito! ><
    Beijocas,
    Cindy, Livros e Piratas. Visite o blog! c:

    ResponderExcluir
  5. Tem quotes maravilhosas e os poemas é cada um mais lindo que o outro *-*
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...