-

Resenha - Memórias da Lua Cheia - Andressa Andrião


Lido em: Março de 2013
Título: Memórias da Lua Cheia
Autor: Andressa Andrião
Editora: Novo Século, Selo Novos Talentos
Gênero: Romance Sobrenatural
Páginas: 548
Ano: 2012
Comprar: OfertaSaraiva
Nota:

Ela estava sem memória e sozinha, perdida em uma floresta durante uma noite de lua cheia, em que os lobos uivavam perigosamente. A única informação que tinha sobre si mesma estava em um bilhete borrado pela chuva que dizia que seu nome era Alissa. Quando jurara que se tornaria comida de lobos, ele aparece. Um rapaz que em seu primeiro momento parece ter vontade de matá-la, mas logo em seguida resolve misteriosamente salvar sua vida e cuidar dela até que alguém apareça em sua procura. Por mais que ela tivesse expectativas, ninguém nota seu desaparecimento, levando-a a ter que morar com aquele rapaz repleto de segredos, que ela conhece na floresta.


Eu já disse algumas vezes aqui no blog o quanto eu tinha receio em ler livros de autores brasileiros e também já disse o quanto, recentemente, venho me surpreendendo, de maneira positiva, com a literatura nacional e devo dizer que Memórias da lua cheia contribuiu mais um pouco para essa mudança de pensamento, apesar de eu achar a leitura um pouco cansativa, sim o livro não é perfeito não, pois a protagonista divaga muito e isso faz com que muitas vezes fiquemos dando voltas no mesmo assunto.

A história é bastante interessante, mistura bruxas, lobisomens e vampiros e nesse livro eles não são bonzinhos e brilhantes não. Eles tem naturezas assustadoras que dominam quem eles são de uma maneira incontrolável. Ponto positivo para a autora, porque estava um pouco cansada daquele velho clichê onde o mocinho é malvado mas perto da mocinha ele é um anjo. Nesse livro não. O mocinho é lindo e carismático, mas quando não está em sua forma humana ele é realmente um perigo para qualquer um.

Alissa, a protagonista, me irritou um pouco, bobinha e manipulável demais para meu gosto. Ela reclama, chora e não tem atitude a maior parte do livro. Somente no finalzinho é que consegui sentir um pouco de afeição pela personagem. Ela perdeu a memória e sabe apenas o nome porque encontrou um bilhete junto com ela dizendo que se chamava Alissa. Ela não faz ideia de quem seja e o que está fazendo no meio da floresta assustadora quando é encontrada por Seth, o mocinho malvado. Sentindo-se culpado pelo péssimo tratamento dado a ela quando se conhecem, ele lhe dá abrigo em sua casa e eles passam a viver juntos - formam um casal até que bem bonitinho - porém Seth esconde muitos segredos e não está disposto a revela - los à Alissa. Há muita tensão entre os dois, principalmente depois que Alissa conhece Scorpio, ele é praticamente dono da cidade, ele tem muito dinheiro e apesar de tudo não parece ser um cara mau, além de ser lindo e sexy é claro. Dividida entre os dois belos rapazes, Alissa vai descobrir que eles fazem parte de sua vida desde muito tempo, porém ela terá que encaixar todas as peças do quebra-cabeça se quiser ser realmente  recuperar sua memória e ser feliz.

A trama é sim, muito boa, muitas revelações me deixaram de boca aberta e a mistura mágica feita por Andressa tornou o livro bem original. Amor, sacrifício e esperança serão abordados de uma maneira bastante complexa e envolvente. Vamos descobrir que tudo está interligado e que as escolhas e ações que os personagens tomaram no passado refletem inteiramente no presente conturbado que eles estão vivendo.

Enfim, gostei bastante de Memórias da lua cheia e apesar dele ser narrado em primeira pessoa - não  sou muito fã desse tipo de narrativa, pois ela nos deixa limitados apenas a visão daquele determinado personagem - foi uma leitura que proporcionou uma visão bem ampla dos outros personagens. Espero apenas que o próximo volume tenha mais ação, sem contar é claro, que estou bastante curiosa para saber com quem Alissa vai ficar.

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Oie,
    eu não conhecia esse livro, mas gostei bastante da resenha. Sério que não gosta de 1ª pessoa? Eu adoro, geralmente os livros transmite mais emoção rs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é que não goste, apenas prefiro em terceira pessoa. Mas há livros em que eu realmente gostei da narração ser em primeira. Depende muito do personagem.

      bjoos

      Excluir
  2. "eles não são bonzinhos e brilhantes" rachei com isso huahuahuahua. Adorei a sua resenha. Pelo jeito o livro é bem interessante mesmo. Fiquei com vontade de ler.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom sim! que bom que gostou, hehehhe...

      bjooos

      Excluir
  3. Eu já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca tinha lido uma resenha sobre ele e nossa, sua resenha me deixou sem fôlego, adorei a parte do "eles não são bonzinhos e brilhantes" e realmente os livros estavam precisando disso! *-* Vou procurar mais sobre ele e com toda certeza comprarei!

    ResponderExcluir
  4. Natana vc classifica os livros, volta a fazer isso, é bem interessante <3 Gostei mt desse livro, vou ate adc a lista de desejos *-*
    Quero mt ler!

    ResponderExcluir
  5. Sou completamente o contrario de vc. Eu nao gosto muito de historias narradas na 3ª pessoa. Aliás, muitas vezes não compro certos livros por causa disso mesmo :3
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...