-

Resenha - A Última Princesa - Galaxy Craze

Lido em: Agosto de 2013
Título: A Última Princesa
Autor: Galaxy Craze
Editora: ID
Gênero: Distopia, Ficão, Romance
Páginas: 248
Ano: 2012
Comprar: Saraiva
Nota:

Quando um revolucionário implacável decide tomar o poder, ele faz da família real seu primeiro alvo. Muito sangue é derramado no Palácio de Buckingham e apenas a Princesa Eliza, de 16 anos, consegue escapar. Determinada a matar o homem que destruiu sua família, Eliza se junta às forças inimigas, disfarçada. Ela não tem mais nada pelo que viver a não ser vingança. Até conhecer alguém que lhe ajuda a lembrar o que é ter esperança – e amar – outra vez. Agora ela precisa arriscar tudo para que ela não se torne...
Ambientado em um mundo futurístico onde diversos desastres naturais destruíram a Terra,  a Última Princesa nada tem a ver com a frivolidade de princesas buscando encontrar seus príncipes e seus finais felizes para sempre. O clima de guerra e dominação militar está incrustado em todas as páginas, há muito sangue, hematomas e lutas até a morte. O livro é bastante forte nesse sentido. Os personagens são bem construídos, fortes e inteligentes. Cada um tem seu papel importante na trama e vamos acompanhar a evolução deles ao longo da história. Principalmente a protagonista, Eliza, que irá enfrentar muitos desafios para ajudar seu povo e principalmente sua família. Confesso que segurei o fôlego em alguns momentos de tão intensos que eles eram. 

Eu realmente me surpreendi, pois não foi nada do que eu estava esperando, mas felizmente foi uma surpresa positiva. Me vi presa em um mundo futuro e ao mesmo tempo passado, pois eles terão que aprender a sobreviver, criar novamente tudo o que estavam acostumados a usar, já que grande parte do mundo que eles conheciam foi destruído, mas ainda assim a traços do passado em pequenas coisas que eles usam como moeda de troca - chicletes, bonés, bugigangas sem utilidades, mas que trazem lembranças de um passado não tão distante. Sem contar o ar medieval que paira sobre a história. Realmente uma mistura  de épocas e elementos que fazem com que as páginas sejam viradas rapidamente, dando a sensação de estar e ao mesmo tempo não estar naquele determinado período.

O contexto da história é bastante simples. Eliza perdeu a mãe muito nova, o pai acaba de ser morto por um grupo de revolucionários que não querem mais ser governados por um rei ou rainha e que para tal não estão se importando com quantos inocentes irão matar desde que alcancem seus objetivos, seus dois irmão são raptados por esse mesmo grupo e ela não tem mais ninguém, está completamente sozinha, porém mesmo assim não se dá por vencida.  Eliza irá além do limite que qualquer ser humano na idade dela iria - ela tem apenas 16 anos e age e pensa como se tivesse o dobro. Ela se infiltra nas forças do inimigo e de dentro tenta derrubar o ditador que quer usurpar o direito de sua família de governar. Isso gera muitas cenas de ação e muitas unhas roídas também  - as minhas é claro, kkk...

Com certeza não podia faltar um romance para a história ficar ainda melhor, e não faltou. A maneira como  Eliza e Wesley se conhecem é incrível. Ele acaba deixando que ela escapar quando o castelo em que mora é invadido e seus irmãos levados, porém o que eles não imaginam é que vão se reencontrar no campo de treinamento para o qual ela foi após se alistar nas forças inimigas. Eliza e Wesley estão de lados opostos. Ela quer destruí-los a todo custo. Mas e ele? Decisões difíceis tornam o relacionamento deles muito empolgante. Sem contar que eles são bem fofos juntos...

Terminei a leitura em dois dias. Muito bem escrito. História bem elaborada e personagens cativantes. Disputas por poder e muitas lições sobre família, amor e coletividade. Um conjunto que deu muito certo e me fez ficar ansiosa pela continuação. Além do que, a autora terminou com uma deixa e tanto para o próximo livro. Agora é esperar e torcer para que venha logo.

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Olha, você disse coisas que eu não esperava MESMO sobre esse livro! Agora me vi querendo MUITO esse livro. É normal isso acontecer? haha

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, eu acredito que seja normal sim... O livro é realmente muito bom...
      Recomendo!

      Bjoooos

      Excluir
  2. Não conhecia o livro e fiquei bem interessada. Na verdade tudo que envolver Londres, Inglaterra e Família Real me interessa :) Rsrsrsrs'
    Gostei da resenha e vou procurar saber mais sobre o livro! Obrigada pela dica!

    http://autoracarolinaribeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Acho que vou ter que comprar esse livro de qualquer jeito...
    Ai ai... Assim você me mata, Natana!!!!!! xD

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. É um ótimo livro, estou finalizando a leitura essa semana, super recomendo!

    ResponderExcluir
  5. Tipo, eu amei a sua resenha!!!

    Eu amo distopias, e no momento estou a procura de alguma que ainda não tinha lido.
    Essa tem caráter bem distópico. Amei mesmo!!!
    Será que você poderia me indicar mais algumas?
    Passa lá: terradecarol.blogspot.com

    bju

    ResponderExcluir
  6. Além de achar muito interessante a capa desse livro, eu acabei gostando tambem de sua historia. Os personagens parecem ser bem cativantes mesmo, cada um com seu proposito nessa historia. Gostei da mesclagem q te levou a pensar em futuro e passado, isso é ótimo. Aproveito e ja mesclo triplamente com o tema do meu curso. Fiquei muito interessado por esse livro, muito muito!

    ResponderExcluir
  7. Então quer dizer que além da capa ser linda a história é maravilhosa?? Nossa, isso sim que é uma combinação heim, pena que os preços da ID são salgados demais pra eu querer qualquer coisa deles por agora.

    ResponderExcluir

Gostou do post? Então comente e me faça feliz...
Encontrou algum erro de ortografia ou qualquer outra pérola? Mande-nos um e-mail avisando!
Obrigada pela visita!! Volte SEMPRE!!!!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...