-

{ News } Fim da saga Vanir - Lena Valenti

A saga Vanir é, sem dúvida, uma das minha séries preferidas, já li e reli inúmeras vezes os livros. E não sei se considero uma boa ou má notícia, mas ela vai chegar ao fim. Após noves livros e alguns extras, o livro final da série de Lena Valenti, o Ragnarök chega para matar nossa curiosidade sobre o que quem ganha essa batalha épica.

El Libro del Ragnarök entrou em pré-venda e será dividido em duas partes. O lançamento acontecerá em 12 de maio na Espanha e as capas já estão disponíveis, são lindas e eu quero muito!

A saga gira em torno de um mundo baseado em mitologia nórdica, onde seres sobrenaturais (gostoos, diga-se de passagem) se unem para lutar contra humanos dispostos a capturá-los e matá-los. A série será publicada no Brasil pela Universo dos Livros. É ótima e está super recomendada. Mas claro, essa é a minha opinião, deixem a de vocês nos comentários, queremos saber o que os leitores acham da saga. :]



Compre produtos do mundo literário/nerd/geek na loja Vitrine 42 e receba em casa, entrega para todo Brasil e frete grátis nas compras acima de R$ 200,00. O que você está esperando? Corra e aproveite!!

{ Resenha } Happenstance - Jamie McGuire

Lido em: Outubro de 2015
Título: Happenstance
Autor: Jamie McGuire
Gênero: Romance
Páginas: 159
Ano: 2015
Comprar: AMAZON
                                                               Nota:
                                                                                 Skoob
O livro gira em torno de Erin Easter, uma das três Erin’s, na pequena classe do último ano na rural Blackwell High School, e elas não somente compartilham os nomes como também seus aniversários. Erin Easter, criada por uma mãe solteira negligente, é reservada e admira Weston Gates de longe. As outras Erin’s, Erin "Alder" Alderman e Erin "Sonny" Masterson são as queridinhas da comunidade: filhas das duas famílias mais ricas da cidade, as melhores amigas, as líderes de torcidas, e tudo que Erin Easter não é — e elas nunca deixam que ela se esqueça disso. Alder inclusive reivindicou Weston desde o oitavo ano.Uma tragédia chocante abala a pequena cidade, e a vida de Easter é virada de cabeça para baixo da melhor forma possível. Mas quando a verdade é revelada e tudo o que ela pensa que ela queria cai em seu colo, à vida só se torna mais complicada.Weston é uma estrela do esporte, bem-quisto, e filho de dois proeminentes advogados. Ele luta diariamente com as pressões da vida por carregar o sobrenome de sua família, e secretamente simpatiza com o sentimento de Easter de que ela pertence a outro lugar; a uma vida diferente.Só depois que ele começa secretamente a sair à noite com Easter ele ganha coragem para contrariar as expectativas e reconhecer seus sentimentos… tanto sobre o futuro quanto por ela.
Olá pessoas, qual a boa? Tudo beleza? Então, trouxe mais uma resenha bonitinha pra vocês deum livro que eu gosto bastante da queridíssima Jamie McGuire, que pra quem não lembra, é a mente por trás de Belo Desastre e sequência que eu sei que todo mundo ama.
Contudo, tenho que avisar vocês que Happenstance não lembra em quase nada Belo Desastre, apesar de ser um Young Adult, McGuire decidiu criar uma história totalmente diferente, menos intensa em certas coisas e mais tocante em outras. Amei. Adoro quando conseguimos ler livros tão diferentes do mesmo autor, prova um tipo de habilidade imprescindível aos bons autores.
Então, o livro fala sobre a vida de Erin Easter, uma garota que está quase se formando e ansiosa para ir embora da pacata cidade de Blackwell. Motivos são o que não lhe faltam, pra começar, a pior coisa sobre a sua vida se resume em duas outras Erin’s. Erin Alderman (conhecida como Alder) e Erin Masterson (Sonny)  que fazem da sua vida um inferno. Alder e Sonny são ricas, bonitas, populares e muito malvadas com Erin sem razão alguma. Elas simplesmente adoram amedrontar e diminuir Erin. Pra Caramba, ela realmente pegam pesado e tudo que é ruim pode ser ainda pior por que Erin meio que sempre gostou desse cara, Weston, mas Weston namora Alder, ou seja, ela nem se ilude em relação a ele, mesmo que ele seja uma das poucas pessoas que é bom pra ela. Também tem a mãe super ausente dela que não se importa nem um pouco com dela. Então. A vida de Erin se resume a aguentar humilhações na escola, trabalhar numa soverteria com sua única amiga, Frankie e sonhar com uma vida melhor quando finalmente puder ir embora.

{ Resenha } O Diário de Mr.Darcy



Lido em: Maio de 2015
Título: O Diário e Mr.Darcy
Autor: Amanda Grange
Gênero: Romance
Páginas: 220
Ano: 2015
Nota:
Skoob

Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu.
Olá amadinhos, como estão?! Tudo legal?! Entãooo, eu resolvi resenhar hoje sobre um livro que eu absolutamente amo e que se certa forma todo mundo conhece.
Eu não sei vocês, mas sou uma super fã obcecada por Orgulho & Preconceito, de verdade, tanto que adoro fuçar na net procurando fanfics. Sim, sou dessas. Então, quando descobri que tinha um livro que contava tudo pelo ponto se vista do Mr.Darcy, vomitei arco-íris, pra caramba.
Mas vamos fingir que ninguém conhece a história se Lizzie e Darcy para que eu possa resenhar sem nenhuma afetação ou spoilers (hahaha!).
— Sim, deve possuir tudo isso — acrescentou Darcy. — E acrescentar ainda alguma coisa mais substancial: o desenvolvimento do seu espírito pela leitura intensa
— Já não me espanto de que conheça apenas seis mulheres completas, espanto me é de que conheça alguma.
— Julga com tanta severidade o seu sexo, que duvida da possibilidade de tudo isto?
— Eu nunca vi uma tal mulher. Nunca vi tanta capacidade de aplicação, gosto e elegância reunidas numa só pessoa.
Certo, orgulho e preconceito (que eu recomendo que vocês leiam antes) conta a história da família Bennett formada por 5 irmãs que foram criadas por uma mãe casamenteira e um pai maroto até demais. Nosso foco está principalmente nas duas irmãs Bennett's mais velhas: Jane e Elizabeth. Jane por ser a mais velha e a mais bela (e a mais boazinha e obediente e... Perfeita) carrega nas costas o peso de fazer um bom casamento para que quando seu pai morrer, sua família possa ficar com Longborn (a casa), já que naquela época mulheres não podiam ter propriedades. Temos então Lizzie, espirituosa e divertida, ela pode não ser tão bonita quanto Jane, mas ela tem mais personalidade e é tão amiga de Jane que tudo o que quer é a felicidade dela. 

{ Resenha } Quando eu olhar pra você


Lido em: Fevereiro de 2016
Título: Quando eu olhar pra você
Autor: Lucy Vargas
Gênero: Romance
Páginas: 327
Ano: 2015
Nota:
Skoob
Amar nunca é fácil. Mas quando você se envolve com um Ward, tudo é difícil e inexplicável demais para suportar. Beatrice sempre soube que devia ter deixado Sean quando ainda podia resistir. Talvez nunca devesse ter entrado nessa. E agora ele voltou. Insaciável, apaixonado e mais errado do que nunca. Disposto a tudo por ela. Será que Beatrice está pronta para perdoar e ceder à obsessão apaixonada de Sean? Quem disse que depois do casamento tudo se acalma? Nada é calmo com um Ward. E ele vai desafiá–la por sua última chance. Você está pronta para Sean Ward?

Olá queridosss, então o livro de hoje escolhido foi Quando eu olhar pra você, by Lucy Vargas, minha nova diva brasileira. Sério, essa mulher arrasa, virei fã na hora!!

Bom, o livro conta a história de Beatrice e Sean Ward, um casal que estão casados a cerca de 4 anos. Eles são jovens, bonitos e tem tudo para serem as pessoas mais felizes, porém eles não são, preferem fingir que o outro não existe quando não estão presos em eventos sociais onde tem que agir como um casal perfeito. Mas tudo muda quando Bea vê Sean jantando com outra mulher, ela rompe e assim decide que quer o divórcio. Ele fica surpreso por ela se importar a ponto de querer o divórcio e com isso, ele tem uma pequena esperança de que ela talvez ainda sinta alguma coisa por ele, o que é suficiente para ele decidir que vai lutar pelo seu casamento com a mulher que sempre amou.

Ele queria magoá-la da mesma forma que ela o magoava quando o rejeitava, bem lá no fundo vivia uma vontade absurda de atingi–la de alguma forma. Ela tinha que reagir a alguma coisa que ele fizesse. Ele só não pensou que a reação viria atingi–lo como um soco de direita. Divórcio... ele ia morrer antes de dar o divórcio a ela.

{ Resenha } Ruthless People - J.J.Mcavoy

Lido em: Agosto de 2015
Título: Ruthless People
Autor: J.J.Mcavoy
Gênero: Ficção, Ação, Romance
Páginas: 343
Ano: 2015
Comprar: Amazon
Nota:

Para o mundo exterior, eles se parecem americanos da Realeza, doando a instituições de caridade, alimentando os sem-teto, reconstruindo a cidade. Mas, por trás de portas fechadas é uma batalha constante pelo domínio entre duas máfias, culturas e corações.
Ruthless People é uma ficção romântica com crime se passando nos dias modernos de Chicago, seguindo a vida e o casamento de Melody Nicci Giovanni e Liam Callahan – rivais de sangue e líderes através do medo. O casamento deles foi arranjado por seus pais na esperança de que anos de derramamento de sangue entre os irlandeses e os italianos terminasse.
Liam, o próximo na fila para liderar o clã irlandês, acredita que ele está recebendo uma mulher simplória, que ele pode controlar, aquela que se inclina para a sua cada necessidade… O oposto completo de Melody. Criada para ser uma Capo, uma atiradora de classe mundial, mestre do disfarce, sem piedade e sem medo. Vinte e quatro anos depois, ela conseguiu mais do que qualquer homem poderia sequer sonhar, matando qualquer um que entrasse em seu caminho. Ela sabe exatamente que tipo de homem é Liam, e ela prefere morrer a desistir do poder que ela passou toda a sua vida construindo. Mas com nenhuma outra família saindo, ela deve não só aprender a trabalhar com Liam, mas todo o clã Callahan.
A máfia do passado está evoluindo, e com chefes rivais os colocando como alvos, Melody e Liam terão que descobrir como trabalhar como um só para derrubar aqueles que ficam em seu caminho e ao mesmo tempo manter as aparências. Poder, Família e Respeito é tudo.

Olá pessoinhas!! Então, eu sou I.Ravena, a nova resenhista do blog. Tenho que dizer que estou bastante empolgada em resenhar aqui, amo ler de paixão e vou adorar estar perto de outras pessoas que também amem isso. Acho que vamos nos dar superhipermega BEM!!

Ok, agora vamos ao meu escolhido para minha estreia aqui no blog.
Ruthless People, de J.J.Mcavoy é um livro meio que recente pra mim, já faz algum tempinho que li, mas que deixou uma impressão tão forte que ainda estou “baqueada”. Acho que por isso o escolhi, ele é, numa infinidade de livros de mesmo gênero, único.

Resumidamente o livro conta a história de Liam Callahan e Melody Giovanni. Liam é o filho do grande líder da máfia irlandesa, ele está preste a assumir o lugar de seu pai, mas para isso só falta uma coisinha: unir dois clãs rivais. Para isso ele vai ter que casar com a filha desconhecida do capo da máfia Italiana, Melody. Liam não se importa que vai ter que casar cedo, tudo o que ele quer é o poder e se para isso ele tiver que lidar com uma mulher que foi criada como uma princesinha, tudo bem pra ele.
Mas é ai, meus queridos, que as coisas esquentam, por que conhecemos Melody e eu tenho que dizer, não há ninguém como ela. Tudo isso por que  Melody é e tem sido há algum tempo a verdadeira capo da máfia italiana no lugar de seu pai, que está morrendo, então para chegar onde ela chegou, muito sangue foi derramado. Quando esses dois se conhecem, é uma confusão, muitos palavrões, socos e alguém leva um tiro, por que nenhum dos dois vão aceitar se curvar ao outro e ambos querem ser o líder da grande máfia “Italo-irlandesa” (nem sei como se escreve isso). A coisa é que ambos os clãs precisam de ajuda se quiserem se fortalecer e pra isso, Liam e Melody vão ter que, sendo clichê, unir forças.
“Este não era o papel que eu queria que a minha futura esposa desempenhasse. Ela era muito bonita para o sangue e as trevas”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...